Acusado da morte da subtenente Sílvia é interrogado pela justiça no Fórum de Santarém

O crime aconteceu em 2015

Foto: internet

Por volta das 9h desta sexta-feira (02), Sebastião de Sousa Barbosa, vulgo “Neto”, chegou ao Fórum de justiça de Santarém. A Polícia Militar montou um forte esquema de segurança, pois surgiu informação de possível resgate do acusado de matar a subtenente Sílvia, crime que ocorreu em dezembro de 2015.

No Fórum enquanto aguardava a audiência, Neto ficou detido dentro de uma das celas da Comarca, por volta das 10h20 foi chamado pelo juiz Gabriel Veloso da 3ª Vara Criminal para ser interrogado.  O acusado ao atravessar o salão do júri antes de chegar a sala de audiência deparou-se com jornalistas, mas não deu declarações. Segundo a justiça esta é a fase de instrução do processo, apresentação de provas e defesas do acusado, por último ocorrerá o julgamento.

crime ocorreu em 2-015

Foto: internet

Latrocínio – é o crime que Neto está sendo acusado. Segundo a Polícia Civil quando a subtenente Sílvia Margarida Campos na época 44 anos, caminhava na Rua Plácido de Castro, próximo ao quartel do 3º Batalhão da Polícia Militar foi atacada pelo autor do crime, que tomou a arma dela (pistola) e disparou o tiro na cabeça da vítima, que causou a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúnciantes
Anúnciantes