Rodoviários e empresários não se entendem e paralisação está confirmada

Paralisação nesta segunda-feira

Foto: Valdir Ribeiro

Está marcada a greve dos Rodoviários em Santarém, a decisão saiu em assembleia da categoria realizada na última terça (23), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, onde motoristas, cobradores, fiscais e funcionários de garagens decidiram pela paralisação.

A negociação começou no mês de março deste ano, houve reuniões entre os Sindicatos dos Rodoviários e empresários de ônibus, mas sem acordo, a garantia dos patrões seria que o processo de negociação ocorreria normal em caso de reajuste da tarifa, já aconteceu, a passagem passou de R$ 2,25 (dois reais e vinte cinco centavos) para R$ 2, 70 (dois reais e setenta centavos), mas a promessa não foi cumprida.

Segundo o presidente em exercício dos Rodoviários, Selso Santos (foto), a entidade solicitou reajuste de 10% sobre o salário, os empresários apresentaram na contraproposta 8% aceito pela categoria. “O impasse está no abono, os trabalhadores solicitam cento e vinte reais, mas os donos de ônibus dizem que pagam somente cento e quinze reais. A greve será evitada caso os empresários garantam os cinco reais, que se recusam a pagar no abono”, afirma.

Hoje, uma equipe de diretores do Sindicato dos Rodoviários iniciou o processo de oficialização da greve junto aos órgãos competentes, como a Secretaria de Mobilidade e Trânsito (SMT), esse processo ocorre para que o movimento tenha validade. A greve inicia a zero hora da próxima segunda-feira (29).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anúnciantes
Anúnciantes